“O meu mandamento é este: amem uns aos outros como eu amo vocês. ”

João 15:12

Cor Litúrgica : roxo
Cânticos do Segundo Domingo da Quaresma


COMUNHÃO E PARTICIPAÇÃO
Arquidiocese de Goiânia
3º DOMINGO DA QUARESMA
11 de março de 2012 – Ano XXIX
**** SOMOS O TEMPLO DO SENHOR ****
<<>>

1 – LADAINHA DOS SANTOS
(32º curso:set-06) Pág. 28-29 – Faixa 31
Tom original: D
D A7 D D A7 D
KYRIE ELEISON. / KYRIE ELEISON.
D A7 D D A7 D
CHIRISTE ELEISON./ CHIRISTE ELEISON.
D A7 D D A7 D
KYRIE ELEISON. / KYRIE ELEISON.
D Bm A
1. Santa Maria, Mãe de Deus, / rogai por nós.
Em A A7 D
São Miguel,/ rogai por nós.
D D7 G
Santos Anjos de Deus,/ rogai por nós.
G A G A7 D
São João Batista,/ intercedei por nós.
D Bm A
2. São José,/ rogai por nós.
Em A A7 D
São Pedro e São Paulo,/ rogai por nós.
D D7 G
Santo André,/ rogai por nós.
G A G A7 D
São João,/ intercedei por nós.
D Bm A
3. Santa Maria Madalena,/ rogai por nós.
Em A A7 D
Santo Estevão,/ rogai por nós.
D D7 G
Santo Inácio de Antioquia,/ rogai por nós.
G A G A7 D
São Lourenço,/ intercedei por nós.
D Bm A
4. Santas Perpétua e Felicidade,/ rogai por nós.
Em A A7 D
Santa Inês,/ rogai por nós.
D D7 G
São Gregório,/ rogai por nós.
G A G A7 D
Santo Agostinho,/ intercedei por nós.
D Bm A
5. Santo Atanásio,/ rogai por nós.
Em A A7 D
São Basílio,/ rogai por nós.
D D7 G
São Martinho,/ rogai por nós.
G A G A7 D
São Bento,/ intercedei por nós.
D Bm A
6. São Francisco e São Domingos,/ rogai por nós.
Em A A7 D
São Francisco Xavier,/ rogai por nós.
D D7 G
São João Maria Vianney,/ rogai por nós.
G A G A7 D
Santa Catarina de sena,/ intercedei por nós.
D Bm A
7. Santa Teresa de Jesus,/ rogai por nós.
Em A A7 D
Santa Teresinha,/ rogai por nós.
D D7 G
Santos mártires de nosso tempo,/ rogai por nós.
G A
Todos os Santos e Santas de Deus,
G A7 D
intercedei por nós.
D Bm A
8. Sede-nos propício,/ vos pedimos, Senhor!
Em A A7 D
Livrai-nos de todo mal,/vos pedimos, Senhor!
D D7
Salvai-nos de todo o pecado,
D7 G
vos pedimos, Senhor!.
G A
Livrai-nos da morte eterna,
G A7 D
vos pedimos, Senhor!
D Bm A
9. Por vossa encarnação,/ vos pedimos, Senhor!
Em A
Por vosso batismo e vosso jejum,
A7 D
vos pedimos, Senhor!
D D7
Por vossa morte e ressurreição,
G
vos pedimos, Senhor!
G A G A7 D
Apesar de nossos pecados,/vos pedimos, Senhor!
D A7 D D A7 D
CRISTO, OUVI-NOS./ CRISTO, OUVI-NOS.
D A7 D
CRISTO, ATENDEI-NOS.
D A7 D
CRISTO, ATENDEI-NOS.

 


2 – Sl 18 (19) - SENHOR, TENS PALAVRAS DE VIDA ETERNA
(Salmos e Aclamações – Ano B: nov-11 – Vol. I) Pág. 24 – Faixa 15 – Tom original: E
Ritmo: Ritmo Jovem (VI) – Link: http://www.youtube.com/watch?v=NVw61JBWY9Y
...
E G#m A E/B B7 E
SENHOR, TENS PALAVRAS/ DE VI___DA ETER___NA.
B7 E
1. A lei do Senhor Deus é perfeita,
G#7 C#m
conforto para a alma!
A E
O testemunho do Senhor é fiel,
F#7 B7
sabedoria dos humildes.
B7 E
2. Os preceitos do Senhor são precisos,
G#7 C#m
alegria ao coração.
A E
O mandamento do Senhor é brilhante,
F#7 B7
para os olhos é uma luz.
B7 E
3. É puro o temor do Senhor,
G#7 C#m
imutável para sempre.
A E
Os julgamentos do Senhor são corretos
F#7 B7
e justos igualmente.
B7 E
4. Mais desejáveis do que o ouro são eles,
G#7 C#m
do que o ouro refinado.
A E
Suas palavras são mais doces que o mel,
F#7 B7
que o mel que sai dos favos.

 

3 – ACLAMAÇÃO - GLÓRIA E LOUVOR... TANTO DEUS AMOU
(Salmos e Aclamações – Ano B: nov-11 – Vol. I) Pág. 25 – Faixa 16 – Tom original: F
Ritmo: Balanço (I) – Link: http://www.youtube.com/watch?v=_T6f_CCV2ds
D A7 D7
GLÓRIA E LOUVOR,
G
GLÓRIA E LOUVOR,
D F#m G D A7 D
GLÓRIA E LOUVOR A VÓS, Ó CRI (IS) TO.
Bm Em
Tanto Deus amou o mundo, que lhe deu seu Filho único;
G D
todo aquele que crer nele há de ter a vida eterna.

 

4 – OFERENDAS
QUE PODEREI RETRIBUIR AO SENHOR
(41º curso: ago-11) Pág. 30 – Faixa 20 – Tom: F
Ritmo: Balanço (I) – Link:
http://www.youtube.com/watch?v=_T6f_CCV2ds
F Bb Gm C7
1. Que poderei retribuir ao Senhor,
Am Dm C7 F
por tudo aquilo que E__le me fez?
Dm Gm C7 F Dm
OFERECEREI/ O SEU SACRIFÍCIO
Bb Gm C7 F
E INVOCAREI/ O SEU SANTO NOME.
F Bb Gm C7
2. Que poderei oferecer ao meu Deus
Am Dm C7 F
pelos imensos benefícios que me fez?
F Bb Gm C7
3. Eu cumprirei minha promessa ao Senhor,
Am Dm C7 F
na reunião do povo san__to de Deus.
F Bb Gm C7
4. Vós me quebrastes os grilhões da escravidão,
Am Dm C7 F
e é por isso que hoje eu canto vosso Amor.

 

5 – COMUNHÃO
ATÉ OS PÁSSAROS DO CÉU
(41º curso: ago-11) Pág. 29 – Faixa 19 - Tom: E
Ritmo: Balanço (I) – Link:
http://www.youtube.com/watch?v=_T6f_CCV2ds
E C#m
ATÉ OS PÁSSAROS DO CÉU
F# B
ENCONTRAM UM ABRIGO.
F#m B F#m
PERTO DE TI, SENHOR,
B7 E
ABRIGAREI A MINHA VIDA.
C#m F#m
1. Feliz aquele homem que não anda
A B7
conforme os conselhos dos perversos;
C#m F#m
2. Que não entra no caminho dos malvados
A B7
nem junto aos zombadores vai sentar-se;
C#m F#m
3. Mas encontra seu prazer na lei de Deus
A B7
e a medita, dia e noite, sem cessar.
C#m F#m
4. Eis que ele é semelhante a uma árvore
A B7
que à beira da torrente está plantada;
C#m F#m
5. Ela sempre dá seus frutos a seu tempo
A B7
e jamais as suas folhas vão murchar.
C#m F#m
6. Pois Deus vigia o caminho dos eleitos,
A B7
Mas a estrada dos malvados leva à morte.

 

6 – REFRÃO MEDITATIVO
SE O GRÃO DE TRIGO NÃO MORRER
(41º curso: ago-11) Pág. 41 – Faixa 31
Tom original: E
Ritmo: Balanço dedilhado (X) – Link:
http://www.youtube.com/watch?v=1nNopwoDduQ
E B C#m E
Se o grão de trigo não morrer, fica só.
F#m B E B E
Mas se morrer produzirá fruto abundan__te. .
F#m B7 E
Mas se morrer produzirá fruto abundante.

 

7 - REFRÃO (DA PALAVRA À REFEIÇÃO)
VÓS SOIS
(38º curso: mar-10 – PÁG. 25) – Faixa 20
Tom original: C
Ritmo: Balanço (I)
C Am F C
Vós sois o caminho, a verdade e a vida,
F C G7 C
o pão da alegria descido do céu. (bis)
Transpomos para: LÁ (A)
A F#m D A
Vós sois o caminho, a verdade e a vida,
D A E7 A
o pão da alegria descido do céu. (bis)


8 – HINO DA CF 2012
AH! QUANTA ESPERA...
Letra: Roberto Lima de Souza - Música.: Júlio Cézar Marques Ricarte
Ritmo: Balanço (I) – link: http://www.youtube.com/watch?v=_T6f_CCV2ds
F F7 Bb Bo
1. Ah! Quanta espera, desde as frias madrugadas,
Gm C7 F Bb F
pelo remédio para aliviar a dor!
F7 Bb Bo
Este é teu povo, em longas filas nas calçadas,
Gm C7 F Bb F
a mendigar pela saúde, meu Senhor!
Bb F
Tu, que vieste pra que todos tenham vida,
A7 Dm F
cura teu povo dessa dor em que se encerra;
F7 Bb Bbm
que a fé nos salve e nos dê força nessa lida,
F C7 F
e que a saúde se difunda sobre a terra!
F F7 Bb Bo
2. Ah! Quanta gente que, ao chegar aos hospitais,
Gm C7 F Bb F
fica a sofrer sem leito e sem medicamento!
F7 Bb Bo
Olha, Senhor, a gente não suporta mais,
Gm C7 F Bb F
filho de Deus com esse indigno tratamento!
F F7 Bb Bo
3. Ah! Não é justo, meu Senhor, ver o teu povo
Gm C7 F Bb F
em sofrimento e privação quando há riqueza!
F7 Bb Bo
Com tua força, nós veremos mundo novo,
Gm C7 F Bb F
com mais justiça, mais saúde, mais beleza!
F F7 Bb Bo
4. Ah! Na saúde já é quase escuridão,
Gm C7 F Bb F
fica conosco nessa noite, meu Senhor,
F7 Bb Bo
tu que enxergaste, do teu povo, a aflição
Gm C7 F Bb F
e que desceste pra curar a sua dor.
F F7 Bb Bo
5. Ah! Que alegria ver quem cuida dessa gente
Gm C7 F Bb F
com a compaixão daquele bom samaritano.
F7 Bb Bo
Que se converta esse trabalho na semente
Gm C7 F Bb F
de um tratamento para todos mais humano!
F F7 Bb Bo
6. Ah! Meu Senhor, a dor do irmão é a tua cruz!
Gm C7 F Bb F
Sê nossa força, nossa luz e salvação!
F7 Bb Bo
Queremos ser aquele toque, meu Jesus,
Gm C7 F Bb F
que traz saúde pro doente, nosso irmão!
5
DESCENDO A TONALIDADE
Agora: RE

 

HINO DA CF 2012 – AH! QUANTA ESPERA...
D D7 G G#o
1. Ah! Quanta espera, desde as frias madrugadas,
Em A7 D G D
pelo remédio para aliviar a dor!
D7 G G#o
Este é teu povo, em longas filas nas calçadas,
Em A7 D G D
a mendigar pela saúde, meu Senhor!
G D
Tu, que vieste pra que todos tenham vida,
F#7 Bm D
cura teu povo dessa dor em que se encerra;
D7 G Gm
que a fé nos salve e nos dê força nessa lida,
D A7 D
e que a saúde se difunda sobre a terra!
D D7 G G#o
2. Ah! Quanta gente que, ao chegar aos hospitais,
Em A7 D G D
fica a sofrer sem leito e sem medicamento!
D7 G G#o
Olha, Senhor, a gente não suporta mais,
Em A7 D G D
filho de Deus com esse indigno tratamento!
D D7 G G#o
3. Ah! Não é justo, meu Senhor, ver o teu povo
Em A7 D G D
em sofrimento e privação quando há riqueza!
D7 G G#o
Com tua força, nós veremos mundo novo,
Em A7 D G D
com mais justiça, mais saúde, mais beleza!
D D7 G G#o
4. Ah! Na saúde já é quase escuridão,
Em A7 D G D
fica conosco nessa noite, meu Senhor,
D7 G G#o
tu que enxergaste, do teu povo, a aflição
Em A7 D G D
e que desceste pra curar a sua dor.
D D7 G G#o
5. Ah! Que alegria ver quem cuida dessa gente
Em A7 D G D
com a compaixão daquele bom samaritano.
D7 G G#o
Que se converta esse trabalho na semente
Em A7 D G D
de um tratamento para todos mais humano!
D D7 G G#o
6. Ah! Meu Senhor, a dor do irmão é a tua cruz!
Em A7 D G D
Sê nossa força, nossa luz e salvação!
D7 G G#o
Queremos ser aquele toque, meu Jesus,
Em A7 D G D
que traz saúde pro doente, nosso irmão!